CARRINHO: 0 ITENS, 0.00€
€0.000 itens

A Arte de Liderar

-10%
Ano da Edição / Impressão / 2017
Número Páginas / 160
ISBN / 9789892338989
Editora / LUA DE PAPEL
Ganha 6.5 Letras
12.60
€14.00
Desconto 10%
Disponibilidade/ Imediata
Prazo de entrega/ 2 a 3 dias úteis
Iva à taxa a vigor
ebook disponivel €8.99


A Arte de Liderar - TANG, CHINGHUA


Se queres que o inimigo ataque, finge que és inferior; depois vence-o quando ele atacar. Se queres pôr o inimigo na defensiva, finge que tens forças superiores, mesmo que não tenhas.

Tai Tsung (598-649 d.C.) foi um guerreiro temível, terá matado pelo menos mil inimigos com as próprias mãos. E foi também um estadista brilhante, que aos 28 anos deu início a uma dinastia que se iria estender por três séculos. É hoje comparado a César Augusto, Genghis Khan ou Napoleão Bonaparte. O seu governo coincide com o apogeu da China, na altura a maior potência mundial. O imperador derrotou os descendentes de Átila, O Huno, reabrindo o Caminho da Seda. Fomentou o comércio e a cultura. Conferiu às mulheres direitos com que nunca haviam sonhado e permitiu a liberdade religiosa a hindus e cristãos. As suas palavras e atos, passados 1300 anos, são estudados em várias universidades do mundo.
Neste livro, Chinghua Tang (CEO da consultora Concorde Universal Inc.) reúne e analisa as citações e os diálogos mais relevantes do imperador. Na tradição clássica de A Arte da Guerra (um dos livros favoritos do imperador), o autor sintetiza os princípios de uma liderança de sucesso: como se avaliar a si e aos outros de forma imparcial; como aumentar a eficácia das organizações; como competir e vencer os rivais; como aumentar o seu poder e influência; como aprender com a ascensão e queda dos antecessores; como criar um legado duradouro.
Guia indispensável para qualquer líder, do CEO ao pai de família, A Arte de Liderar oferece-nos toda a sabedoria de um estadista e estratega visionário. Tão atual hoje como há mil anos atrás.
Não existem comentários.
Faça o seu comentário ao livro "A Arte de Liderar", de TANG, CHINGHUA
COMENTAR